Rafael Nadal: Conheça mais sobre o “touro” do tênis.

Olimpíadas, Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open… Rafael Nadal venceu todos!

Após falarmos de Federer, o maior tenista de todos os tempos, e de Djokovic, o melhor tenista da atualidade, não podemos deixar de falar sobre Nadal, o rei do saibro! Os três juntos dominaram o tênis mundial nos últimos dez, quinze anos.

A seguir, destacamos, alguns dos principais pontos da carreira de Nadal. Falaremos sobre seu começo, suas principais características, sua relação com as quadras de saibro e as quadras rápidas, seus títulos e seu maior ponto fraco. Vamos lá?

O começo de sua história

Nascido na Espanha em 3 de julho de 1986 e conhecido como “El Toro Miúra”, devido à sua força física, Nadal começou a jogar tênis com três anos de idade, tendo sido orientado pelo seu tio, Toni Nadal. Sempre precoce, aos 16 anos já estava entre os 50 primeiros do ranking da ATP. Aos 18 anos venceu o primeiro torneio ATP e, em seu aniversário de 19 anos, venceu Roland Garros pela primeira vez!

Características de Rafael Nadal

Canhoto, alto e forte, mede 1,85m e pesa em torno de 85kg. Sua força física é uma de suas principais características, com um forehand potente e cheio de topspin que castiga o backhand de seus adversários.

Resistência física também é outra importante característica, que permite a Nadal jogar partidas intensas de cinco sets com longas trocas de bola.

O lado físico é tão importante em seu jogo que foi visível sua queda de desempenho nos últimos anos, desde que começou a lidar com contusões.

Por fim, não podemos deixar de destacar seu lado psicológico. Devido principalmente a sua postura guerreira em quadra, Nadal é considerado um dos tenistas mais fortes nesse quesito.

O rei do saibro

NadalOutro apelido de Nadal é o “rei do saibro”, devido a suas incríveis campanhas nas quadras de saibro ao longo de sua carreira. De seus 69 títulos em simples, 49 foram no saibro, sendo nove destes em Roland Garros. Este é o maior número de títulos em um mesmo Grand Slam conseguido por qualquer jogador.

A quadra de saibro é definitivamente a que mais combina com seu estilo de jogo. Ao quicar no chão de uma quadra de saibro, a bola perde um pouco de sua velocidade, tornando o jogo mais lento, ideal para longas trocas de bola.

Quadras rápidas

É importante ressaltar que, apesar de ter um desempenho melhor no saibro, Nadal é também um excelente tenista em quadras rápidas. Com exceção do ATP Finals, venceu todos os títulos mais importantes do tênis nestes pisos: OlimpíadasAustralian Open, US Open Wimbledon.

Títulos

No total, Nadal possui 14 títulos de Grand Slam:

Títulos
Ano Grand Slam Adversário na final
2005 Roland Garros R. Federer
2006 Roland Garros R. Federer
2007 Roland Garros R. Federer
2008 Roland Garros R. Federer
2009 Wimbledon R. Federer
2009 Australian Open R. Federer
2010 Roland Garros R. Soderling
2010 Wimbledon T. Berdych
2011 Us Open N. Djokovic
2011 Roland Garros R. Federer
2012 Roland Garros N. Djokovic
2013 Roland Garros D. Ferrer
2013 Us Open N. Djokovic
2014 Roland Garros N. Djokovic


Ponto fraco

O saque é um ponto fraco em seu jogo. O próprio jogador reconhece isto. Ele, não consegue tirar deste golpe o mesmo benefício que tiram seus principais concorrentes.

Um ponto curioso em seu saque é o tempo que leva para sacar e seu famoso ritual neste momento. Frequentemente é advertido pelo árbitro por demorar muito para sacar.

Agora que falamos de Federer, Djokovic e Nadal, conta para a gente: qual é o seu favorito?

Rafael Nadal: Conheça mais sobre o “touro” do tênis.
5 (100%)

Compartilhe este post:

Comentários