raquetinha-mini-tenis

Raquetinha, o esporte de raquete 100% brasileiro

Também conhecido como mini tênis, a raquetinha, é um esporte de raquetes que utiliza a mesma quadra, rede, bola e regras do jogo de duplas no tênis

A diferença está na raquete, sem cordas, desenvolvida especialmente para essa modalidade. A raquetinha é considerada o lado social mais recreativo, mais leve, do tênis. As competições não exigem o silêncio reinante nos jogos de tênis. Muitas vezes acontecem em meio à música e à agitação do público.

História da raquetinha

A raquetinha é um esporte brasileiríssimo, nascido nas praias de São Vicente, litoral de São Paulo.  Não se encontra na Internet uma concordância sobre quando isso se deu. Uns citam a década de 40, outros o ano de 1942, especificamente e, vários afirmam que o esporte nasceu nas décadas de 60 e 70.

O que todos concordam é que a raquetinha foi criada por um grupo de apaixonados pelo tênis. Tiveram a ideia de levar o jogo para a praia pois queriam jogar tênis, mas os tradicionais clubes da época, como o Clube dos Ingleses, Tênis Clube e Saldanha, tinham suas quadras lotadas.

Para adaptar o jogo à praia eles pediram a um fabricante de artigos esportivos que fizesse uma raquete de madeira, especial, para que fosse usado no novo ambiente. Logo o jogo migrou para as quadras de tênis. É mais fácil de jogar que o tênis, o que facilitou a adesão de muitos, incluindo crianças e idosos. Enquanto se leva alguns meses para começar a jogar tênis, a raquetinha o jogador aprende em algumas horas.

O esporte vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, mas seu coração continua sendo a cidade paulista de Americana. Em 2006, foi criado o Cemara Open Raquetinha, que anualmente realiza diversas competições e reúne os principais jogadores do país. Existem ainda diversos torneios independentes deste circuito, extremamente bem organizados e profissionais, como o torneio aberto da academia ATC Americana e o São Lucas Saúde Open – Terras do Imperador. Veja como foi o 5º Open Raquetinha Terras do Imperador:

 

Quadra de raquetinha

A quadra da raquetinha é a mesma do tênis. Conheça as características e medidas das quadras de tênis.

Raquete

Na raquetinha, as raquetes podem ser de madeira ou fibra de carbono, porém as mais tradicionais são as de madeira. Estas pesam entre 415 e 440 gramas, idealizadas e fabricadas por encomenda dos criadores do jogo. Na década de 80, quando a raquetinha atingiu seu ápice, em que aconteceram vários torneios, marcas fortes passaram a fabricar a raquete de madeira.

A raquete usada para o mini tênis é menor que a do tênis e não possui cordas, o que proporciona maior impacto para o arremesso das bolas. A área de contato da raquete com a bola fica muito próxima da mão, facilitando a batida. Ao mesmo tempo que dificulta para o adversário matar um ponto no jogo.

raquetinha

Bola 

A bola é a mesma do tênis, com diâmetro pequeno. Feita de borracha, ela é oca e pressurizada, de cor amarelo esverdeada. Pesa, em média, de 56 a 58 gramas. Veja como escolher a bola ideal para você

Partida de mini tênis

O jogo de mini tênis, devido às características de sua raquete, é bem mais lento do que o de tênis, mas as regras são as mesmas. A única diferença é que o mini tênis é jogado somente em duplas, em um set único de nove games.  No tênis, há jogos individuais e em duplas. Conheça as principais regras de uma partida de tênis.

Raquetinha, o esporte de raquete 100% brasileiro
5 (100%)

Compartilhe este post:

Comentários