roland garros

Conheça a história de Roland Garros e seus maiores campeões

Roland Garros começa na próxima segunda, dia 22 de maio de 2017. Saiba mais sobre um dos principais torneios do ano, provavelmente o favorito dos brasileiros

Assim como o Australian Open, Wimbledon e US Open, Roland Garros possui o título de Grand Slam.

Para conhecermos melhor sobre o torneio, vamos resumidamente passar sobre toda sua história, como tudo começou, seus estádios, curiosidades, os maiores campeões, o histórico brasileiro no torneio e um breve resumo dos últimos anos. Vamos lá?!

O começo de tudo

A história do torneio começa em 1891, com a criação do French Clay-Court Championships. Reservado aos membros dos clubes franceses, o local do torneio era alternado entre Stade Français, o Parc de Saint-Cloud e o Racing Club de France’s Croix-Catelan. Durante este período surgiu o primeiro grande campeão do torneio, Max Decugis, vencendo 8 vezes entre 1903 e 1914.

Roland Garros

Em 1925 o torneio abriu as portas para jogadores de fora da França, se tornando o Aberto da França. Apesar de receber jogadores de fora, os vencedores nos primeiros anos se mantiveram franceses. No feminino, Suzanne Lenglen venceu 6 vezes entre 1920 e 1926. No masculino, Henri Cochet, René Lacoste, Jean Borotra e Jacques Brugnon, os “mosqueteiros franceses”, venceram 10 títulos entre 1922 e 1932.

Em 1927, os mosqueteiros franceses venceram a Copa Davis, o que levou à construção de uma arena para defender o título. Este estádio foi nomeado Roland Garros, homenagem a um pioneiro na aviação que foi morto na primeira guerra mundial.

Australianos dominando o torneio

Alguns anos depois, os australianos passaram a dominar o torneio, com Rod Laver, Ken Rosewall e Margaret Court. Entre 1962 e 1973, Margaret Court venceu Roland Garros 13 vezes: 5 simples, 4 duplas femininas e 4 duplas mistas.

Conheça as melhores ferramentas de gestão para torneios e rankings

Reformas no complexo

Em 1979 o complexo de Roland Garros teve sua primeira grande reforma, passando de 5 para 10 quadras. Mais tarde, em 1986 e de 1992 a 1994 foram feitas novas reformas, aumentando o número de quadras para 20, incluindo duas arenas, Philippe-Chatrier e Suzanne-Lenglen. Alguns tenistas que tiveram grandes destaques nestas quadras foram: Ivan Lendl, Mats Wilander, Monica Seles e Gustavo Kuerten. Eles venceram o torneio 3 vezes, enquanto Justine Hénin venceu 4 e Steffi Graf 6.

Faça o quizz do Guga para descobrir o quão bem você conhece nosso ídolo

Era espanhola

A partir dos anos 90 começou um grande domínio dos espanhóis. Sergio Bruguera, Arantxa Sanchez, Carlos Moya, Albert Costa e Juan Carlos Ferrero fizeram grandes aparições no aberto da França. Em seguida foi a vez de Rafael Nadal, que ganhou nada menos que 9 títulos entre 2005 e 2014.

Brasil em Roland Garros

Apesar de sempre lembrarmos de Gustavo Kuerten quando se fala em Roland Garros, outros brasileiros também fizeram história no saibro francês. Seguem os principais resultados de brasileiros em Roland Garros:

  • Maria Esther Bueno – Campeã em 1960 de duplas femininas e duplas mistas, vice-campeã em 1961 de duplas femininas, vice-campeã em 1964 nas simples e vice-campeã em 1965 de duplas mistas;
  • Thomaz Koch – Campeão em 1975 de duplas mistas;
  • Gustavo Kuerten – Campeão em 1997, 2000 e 2001 de simples;
  • Marcelo Melo – Campeão em 2015 de duplas masculinas;

Últimos anos

Após um longo período de monopólio de Rafael Nadal, Roland Garros tem hoje um novo campeão, Novak Djokovic. O sérvio perdeu a final 3 vezes consecutivas para Nadal entre 2012 e 2014, perdeu também para Stan Wawrinka em 2015 e, finalmente, em 2016, se sagrou campeão do torneio, vencendo Andy Murray na final.

Conheça a história de Roland Garros e seus maiores campeões
5 (100%)

Compartilhe este post:

Comentários