us-open

US Open: história, campeões, Brasil, formato do torneio e premiações

O United States Open Tennis Championships ou simplesmente, US OPEN, é a versão da Era Aberta de um dos mais antigos torneios do mundo, o U.S. National Championship

O US Open pertence à United States Tennis Association (USTA), organização sem fins lucrativos, que o organiza anualmente.

Vamos passar pela história do torneio e algumas de suas principais curiosidades.

A história do US Open

Perde em longevidade apenas para o Torneio de  Wimbledon, com origem em 1877. O US Open faz parte dos torneios Grand Slam, juntamente com o Australian Open, Roland Garros, e Wimbledon. O US Open fecha o cronograma anual do Grand Slam, tendo início no último final de semana de agosto.

O US Open teve início em agosto de 1881, nas quadras de grama do Cassino de Newport, em Rhode Island. Em 1915 o torneio foi transferido para o West Side Tennis Club em Forest Hills, New York, onde permaneceu até 1977. Nos últimos três anos, os jogos passaram a acontecer em quadras de saibro.

Em 1978 o US Open saiu do West Side Tennis Club, indo para o USTA National Tennis Center, em Flushing Meadows. A nova sede inaugurou a era das disputas em quadras rápidas.

Como se vê, nos primeiros quase 100 anos, de 1881 a 1974, o US Open foi disputado na grama. Passou para o saibro entre 1975 e 1977 e, finalmente, para quadras rápidas em 1978.

Nos primeiros anos, apenas homens competiam e o torneio era conhecido como o US National Singles Championships for Men. Seis anos depois, em 1887, foi realizado o primeiro US Women’s National Singles Championship. Em 1899 foi introduzido o US Women’s National Doubles Championship e, em 1892, o US Mixed Doubles Championship.

A Era Aberta do US Open

A Era Aberta do US Open começou em 1968, quando todos os eventos citados acima se juntaram para constituir o US Open. Sediado no West Side Tennis Club in Forest Hills, até então era um torneio de tenistas amadores. Neste ano, o US Open foi aberto a profissionais pela primeira vez.

Participaram desta edição, 96 tenistas masculinos e 63 femininos.

Maiores campeões do US Open

Poucos tenistas tiveram o privilégio de disputar o US Open na grama, no saibro e na quadra rápida. Os únicos tenistas que conseguiram vencer a competição nas três superfícies foram:

A americana-norueguesa Molla Bjurstedt Mallory ergueu a taça do US Open oito vezes durante a era amadora, recorde que detém até hoje: o de maior campeão de todos os tempos, entre homens e mulheres.

As americanas Chris Evert e Serena Williams são os maiores campeões do US Open da era aberta, masculino e feminino. Cada uma delas conquistou seis títulos.

Os jogadores com maior número de títulos são:

Maiores Campeões do US Open – Masculino

Era Amadora

  • 7 – Richard Sears (Estados Unidos) – 1881, 1882, 1882, 1884, 1885, 1886 e 1887
  • 7 – Bill Larned (Estados Unidos) – 1901, 1902, 1907, 1908, 1909, 1910 e 1911
  • 7 – Bill Tilden (Estados Unidos) – 1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925 e 1929

Era aberta

  • 5 – Jimmy Connors (Estados Unidos) – 1974, 1976, 1978, 1982 e 1983
  • 5 – Pete Sampras (Estados Unidos) – 1990, 1993, 1995, 1996 e 2002
  • 5 – Roger Federer (Suíça) – 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008

Maiores Campeãs do US Open – Feminino

Era Amadora

  • 8 – Molla Bjurstedt Mallory (Estados Unidos – Noruega) – 1915, 1916, 1917, 1918, 1920, 1921, 1922 e 1926

Era aberta

  • 6 – Chris Evert (Estados Unidos) – 1975, 1976, 1977, 1978, 1980 e 1982
  • 6 – Serena Williams (Estados Unidos) – 1999, 2002, 2008, 2012, 2013 e 2014
  • 5 – Steffi Graf (Alemanha) – 1988, 1989, 1993, 1995 e 1996

Confira a lista dos 10 melhores tenistas da história, no masculino e no feminino

Brasil no US Open

Na Era Amadora destaca-se a tenista brasileira Maria Esther Bueno. Venceu em simples quatro vezes (1959, 1963, 1964, 1966) e em duplas outras quatro (1960, 1962, 1966, 1968). Suas vitórias foram todas na época das quadras de grama do US Open.

Na Era Aberta, o maior destaque é de Bruno Soares, campeão de duplas mistas em 2012 e 2014. Em 2013 foi vice-campeão nas duplas masculinas.

Nosso maior tenista, Gustavo Kuerten, o Guga, chegou às quartas de final em simples em 1999 e 2001.

Prêmios e trófeus do US Open

Trófeu

Há mais de 20 anos a tradicional joalheria Tiffany & Co, de Nova York, fabrica o troféu dos vencedores de todas as categorias do US Open. O troféu conquistado pelos vencedores do US Open (taça) se diferencia dos demais troféus do Grand Slam pela cor: ele é prateado, enquanto os demais são dourados.

A réplica recebida pelo campeão não tem os nomes dos vencedores passados, o que Roger Federer, cinco vezes campeão do torneio, gostaria que tivesse.

Prêmios em dinheiro

Em 1973 o US Open inovou entre os outros torneios do Grand Sam: passou a pagar prêmios iguais em dinheiro para homens e mulheres. Foi a tenista Billie Jean King quem protagonizou essa história. Ela havia começado sua campanha por igualdade ao fundar a  WTA (Women’s Tennis Association), em contraponto à ATP (Association of Tennis Players) que excluía as mulheres da categoria profissional.

Os prêmios em dinheiro na primeira edição da Era Aberta do US Open, em 1968, totalizaram US$100 mil e o campeão recebeu US$ 25 mil.

Quase 50 anos depois, em 2017, esse valor foi multiplicado por 500, a maior premiação já vista em um torneio de tênis. Serão US$50,4 milhões no total. Cada campeão e vice-campeão de simples, de ambos os sexos, receberão, respectivamente, US$ 3,7 milhões e RS$ US$1,825 milhões

Quadra central do US Open – Arthur Ashe

O Arthur Ashe Stadium faz parte do USTA Billie Jean King National Tennis Center. Está situado em Flushing Meadows, Corona Park, no Queens, New York City.

Quadra central do US Open, é o maior estádio de tênis do mundo, com capacidade para uma plateia de mais de 22 mil pessoas. Foi inaugurado em 1997 recebendo o nome do vencedor do torneio de 1968, a primeira edição do US Open da Era Aberta do tênis.

O projeto original do estádio não incluía teto. Depois dos torneios sofrerem atrasos por anos sucessivos devido ao mau tempo, finalmente o estádio ganhou um teto retrátil, finalizado em 2016. A construção do teto, que custou US$ 150 milhões, foi parte dos US$ 550 milhões gastos na reforma do National Tennis Center.

O US Open foi o primeiro Grand Slam a introduzir partidas com luz artificial, em 1975. Até a metade de 2015, somente as três quadras principais do Australian Open e a principal de Wimbledon eram habilitadas com teto retrátil e luz artificial.
US Open

Formato do US Open

Número de participantes

O número de participantes das edições mais recentes dos torneios de Grand Slam é de 128 jogadores masculinos e 96 femininos. O US Open é uma exceção: o número de participante é o mesmo, para ambos os sexos: 128.

Categorias e formatos de jogos do US Open

O US Open consiste de cinco categorias principais: simples de homens e mulheres, duplas de homens e mulheres e duplas mistas. Existem também três eventos adicionais, para sênior, júnior e cadeirante.

Em todos os outros três torneios Grand Slam, no quinto set o jogo só termina quando um jogador tiver dois games a mais que o adversário. No US Open, entretanto, a partir de 1970, quando o placar atinge 6×6 no quinto set, o resultado é definido no tiebreak. A organização do torneio considera que o jogo se torna mais agradável e rápido dessa maneira.

A chave principal de simples masculino é disputada em melhor de cinco sets. Na feminina são três sets.

As chaves de duplas, tanto masculina como feminina, também são disputadas em melhor de três sets. Existe uma diferença apenas nas disputas entre duplas mistas, onde o terceiro set é um supertiebreak.

As finais têm o formato similar aos outros torneios do Grand Slam: mulheres jogam a final no sábado e os homens, no domingo.

Último campeão americano na simples masculino so US Open

Apesar de os maiores campeões do torneio serem quase todos americanos, o último a vencer o torneio foi Andy Roddick em 2003. Desde então, o melhor desempenho dos americanos foi o vice campeonato em 2006, também com Andy Roddick.

US Open 2017

A edição de 2017 acontece entre 22 de agosto a 10 de setembro, com US$50,4 milhões em prêmios a serem distribuídos. Veja o site oficial do torneio.

US Open: história, campeões, Brasil, formato do torneio e premiações
5 (100%)

Compartilhe este post:

Comentários