wimbledon

Wimbledon: entenda o torneio, a história, as curiosidades, os campeões e 2017

No mês de julho acontece o torneio de Wimbledon, o mais antigo torneio de tênis do mundo e também o de mais prestígio, o mais tradicional e charmoso

Está entre os quatro seletos torneios que compõem o Grand Slam, juntamente com o Australian Open, Roland Garros e o US Open. Wimbledon é o terceiro dos quatro torneios Grand Slam e o único disputado em quadras de grama.

É também o único a não usar os termos men e women para homens e mulheres, ou masculino e feminino. Ao invés, são usados os termos Gentlemen e Ladies, cavalheiros e damas, bem britânicos.

Toneio de Tênis de Wimbledon – seu charme e prestígio

Só mesmo assistindo um jogo das arquibancadas para perceber a aura desse charme todo! O torneio de Wimbledon possui muita tradição mantida desde sua primeira edição em 1877.

Acontece sempre no mês de julho e possui regras de etiqueta que são únicas: os tenistas ainda jogam de roupa branca e a plateia se veste com roupa social. As luzes do torneio devem ser naturais e não existe tie-break no último set. O jogo tem o tempo indeterminado até que algum dos competidores faça dois games de diferença no quinto set.

Para explicar tamanha tradição e formalidade não basta ser “inglês”. A própria região onde o torneio é disputado, sede do All England Lawn Tennis and Croquet Club (Clube de Tênis e Croquet de Todos os Ingleses), tem características bem especiais.

O dirstrito de Wimbledon

Fica a sudoeste de Londres, situado a 7 milhas (11,3 km), do centro da capital inglesa. É uma das regiões habitadas mais antigas da Inglaterra, datando pelo menos, da Idade do Ferro, quando se supõe tenha sido construído o Hill Fort (Forte da Colina).

A propriedade da “Casa” de Wimbledon mudou várias vezes durante sua história entre famílias ricas. A região atraiu também outras famílias ricas que construíram grandes casas. A pequena vila desenvolveu-se com uma população rural estável, coexistindo junto à nobreza e aos comerciantes ricos. Wimbledon hoje tem uma divisão espacial entre a “town” e a “village”. Nesta última, estão as grandes mansões e a High Street, que é uma reconstrução da vila medieval original.

Nesse ambiente de nobres e ricos é que se construiu o All England Lawn Tennis and Croquet Club. Inicialmente era utilizado apenas por tenistas locais. Foi aí que se organizou a primeira competição da história do tênis, o “1877 Wimbledon Championship”, em 9 de julho de 1877, com 22 participantes. Esse primeiro torneio foi de simples masculino, seguido por duplas dois anos depois. O simples feminino só chegou em 1884.

Torneio de Tênis de Wimbledon – era amadora e era aberta, ou profissional

Com exceção do período entre 1915 e 1918 e entre 1940 e 1945, correspondentes às duas Grandes Guerras, o Torneio de Tênis de Wimbledon vem sendo realizado em todo mês de julho, anualmente.

Era amadora

A chamada “era amadora” do torneio vai de 1877 a 1967 – tenistas profissionais não podiam participar. Nesse período, predominam os jogadores de origem inglesa.

May Sutton, dos Estados Unidos, foi a primeira vencedora não-britânica, quando ganhou o torneio feminino em 1905. Dois anos depois, Norman Brookes, da Austrália, ganhou o campeonato de simples masculino. Maria Esther Bueno, nossa tenista brasileira mais famosa figura nos quadros de campões de 1959, 1960 e 1964.

As visitas de brasileiros em Wimbledon sempre incluem, no tour, uma conferida no nome dela lá, entre os campeões. O record da era amadora é do inglês William Renshaw, o quarto tenista a vencer Wimbledon. Ele foi sete vezes campeão, entre 1881 e 1889.

Uma curiosidade da era amadora de Wimbledon: jogadores negros não eram admitidos até 1951 e judeus, até 1952.

Era aberta

Até hoje somente o americano Pete Sampras (entre 1993 e 2000) e o suíço Roger Federer (entre 2003 e 2012) igualaram a marca de Renshaw. Ambos disputaram o título já na era aberta do Torneio de Wimbledon, iniciada em 1968, quando jogadores profissionais já podiam participar.

Ao contrário da era amadora, em que predominavam os ingleses, na era aberta a situação muda a favor dos americanos. Eles conquistaram o título 15 vezes, contra apenas duas vezes por um único inglês, Andy Murray, em 2013 e 2016.

Em 2007 as mulheres passaram a receber prêmios de igual valor aos dos jogadores masculinos.

Torneio de Tênis de Wimbledon – quadras de piso de grama

O All England Lawn Tennis and Croquet Club, também conhecido com All-England Club, é um clube privado que conta com 375 sócios efetivos e aproximadamente 100 sócios temporários, além de inúmeros membros honorários. Seu presidente é o Duque de Kent.

Esse clube conta com 18 quadras com piso de grama, oito de saibro e cinco quadras rápidas cobertas. Há ainda um parque com 22 quadras de grama que servem para prática dos competidores antes e durante os torneios. As quadras usadas para o Torneio de Tênis de Wimbledon são todas de piso de grama.

As quadras de grama podem ser usadas de maio a setembro, quando são renovadas. São usadas sementes de nove tons de grama a cada ano.

Quadra central de Wimbledon

A maior quadra, a quadra central, é reservada quase que exclusivamente para as finais de simples e duplas de Wimbledon.

Na entrada dos jogadores há uma citação extraída do poema “If”, de Rudyard Kipling, que diz: “If you can meet with triumph and disaster and treat those two impostors just the same“, “se puderes enfrentar o triunfo e o desastre e tratar esses dois impostores da mesma forma…”.

A atual quadra central foi construída em 1922. Não está mais no centro devido à ampliação do complexo com novas quadras, mas seu nome não mudou por isso.

Ela tem capacidade para uma plateia de 15 mil pessoas, a quarta maior quadra de tênis do mundo. A partir de maio de 2009 passou a contar com um teto retrátil. Em sua composição há um tecido translúcido que permite que a luz natural chegue à grama. Esse teto se abre/fecha em 10 minutos.

N.1 Court
Em 1997 foi construída uma nova quadra para espetáculos maiores, a No.1 Court,. Tem capacidade para abrigar 11,500 pessoas e, ocasionalmente, é utilizada para as finais da Copa Davis. Há a previsão de receber um teto retrátil similar ao da Center Court para o torneio de 2019.

N.2 Court
A terceira quadra, a No.2 Court, com capacidade para receber 4,000 pessoas, foi utilizada pela primeira vez em 2009. Foi reconstruída logo após o torneio e renomeada como No.3 Court.

Torneio de Tênis de Wimbledon – organização, agenda, formato das partidas e jogadores

Organização

O torneio é organizado pelo All England Lawn Tennis and Croquet Club e pela ITF (International Tennis Federation).

Agenda

Até 2014 Wimbledon tinha início na última segunda-feira do mês de junho. Desde 2015, entretanto, passou a acontecer uma semana depois afim de aumentar o intervalo entre Roland Garros para três semanas. Adicionalmente, o aberto de Stuttgart passou a acontecer também em quadra de grama, mudando, por isso, de julho para junho. Com isso ampliou-se a estação de competições em quadras de grama.

Wimbledon dura 14 dias, iniciando sempre numa segunda feira e terminando num domingo. Tradicionalmente não há jogos no domingo intermediário, considerado dia de descanso. Entretanto, a chuva londrina já levou à quebra dessa regra por quatro vezes: em 1991, 1997, 2004 e 2016.

Formato das partidas

As partidas tanto de simples como de duplas do masculino são de melhor-de-cinco sets. Em todos os outros eventos a regra é a de melhor-de-três.

É disputado o tiebreak sempre que o placar chegue a 6-6 em qualquer set, menos no último, no qual um segundo game deve ser jogado.

Todas as partidas do torneio são de eliminação simples, exceto o de simples de “Senior Gentleman´s” e os de duplas de convidados masculino e feminino “Gentlemen’s e de Ladies’ Invitation Doubles”. Estes seguem a regra de round-robin, uma combinação de grupos onde os melhores colocados se classificam para a fase eliminatória.

Jogadores participantes

O Torneio de Wimbledon conta com 128 jogadores participantes para as simples, em cada evento, masculino e feminino. Tanto os jogadores como as duplas são admitidos com base em sua classificação no ranking internacional da ATP (Associação Internacional de Tênis).

Entram automaticamente os primeiros 104 do ranking masculino e os primeiros 108 do feminino. Cada um desses eventos admite oito novos entrantes, os “wild card”, selecionados pelo comitê organizador. Usualmente são jogadores que tiveram boa performance em edições anteriores ou que tenham potencial para estimular o interesse do público.

Para completar as vagas restantes, os jogadores que não estão em nenhum dos dois grupos citados acima, podem participar do qualifying que acontece uma semana antes do torneio.

Torneio de Tênis de Wimbledon – troféus e prêmios em dinheiro

Troféus

Os campeões de simples masculino são presenteados com uma taça de prata de aproximadamente 47 cm de altura e 19 cm de diâmetro. Esse troféu tem sido ofertado desde 1887 e contém a inscrição “All England Lawn Tennis Club Single Handed Championship of the World.” Esse troféu é de propriedade do All England Club e guardado em seu museu. Os campeões recebem apenas uma réplica de 75% do tamanho da original, com os nomes de todos os campeões anteriores gravados.

Os campeões de duplas (masculina, feminina e mista) recebem taças de prata. Diferente dos outros três torneios Grand Slam, Wimbledon presenteia cada jogador da dupla com uma taça. Nos outros torneios os pares da dupla compartilham o mesmo troféu.

Prêmios em dinheiro

Os campeões passaram a receber prêmios em dinheiro, além dos troféus, apenas em 1968, quando se iniciou a era aberta e os tenistas profissionais puderam competir pela primeira vez. O total dos prêmios em dinheiro foi de £26,150. Enquanto o campeão de simples masculina ganhou £2,000 a campeã feminina recebeu apenas £750. Apenas em 2007 Wimbledon interrompeu essa prática vigente em todos os torneios Grand Slam e passou a premiar igualmente homens e mulheres.

Em 2016 o total dos prêmios em dinheiro foi de £28,100,000 e para a edição de 2017 do Torneio de Wimbledon o total definido é de £31,600,000.

Wimbledon – edição 2017

Os principais jogos da edição de 2017 têm início em 3 de julho, segunda feira, e terminam em 16 de julho, domingo, conforme definido após a edição de 2014 que mudou a tradição de início do torneio na última segunda-feira de junho.

Esta é a 131ª edição desde o início da era amadora, e o 50ª da era aberta.

Nesta edição de 2017 serão disputadas as seguintes categorias:

  • Masculino (Gentlemen’s): simples e duplas
  • Feminino (Ladies’): simples e duplas
  • Duplas mistas
  • Under 18 masculino (boys’): simples e duplas
  • Under 18 feminino (girls’): simples e duplas
  • Cadeirantes: masculino e feminino

O valor dos ingressos varia entre £25 a £190, este último para um lugar na quadra central no dia 16 de julho, quando será disputada a final do Torneio de Wimbledon.

Wimbledon 2017 – Prêmios em dinheiro

Em 2017 houve um aumento de 12,5 % no total do valor dos prêmios em dinheiro, com relação a 2016. É incrível, mas, o valor dos prêmios dos campeões de simples masculino e feminino dobraram a partir de 2011, quando Novak Djokovic recebeu £1.1m. Em 2017 eles recebem £2.2m. A edição de 2017 do Torneio de Wimbledon trouxe outro notável avanço na questão da distribuição dos prêmios: o aumento do valor recebido pelas duplas foi de 14,7% e de 33,3% para cadeirantes simples, de ambos os sexos.

O US Open ainda não anunciou o valor total de seus prêmios para a edição de 2017. Roland Garros, por sua vez, anunciou recentemente o total dos prêmios, que aumentou 12% sobre o de 2016: €36m.

Roland Garros premiou os campeões de 2017 com cheques de €2.1 m e €1.78m, para homens e mulheres, respectivamente.

Wimbledon 2017 – os favoritos ao título

Masculino

Muitos fãs britânicos torcem para que Andy Murray se recupere da atual má fase para ganhar pela terceira vez o título de campeão em Wimbledon. Porém, Murray possui um caminho duro até a final, possivelmente terá um encontro com Stan Wawrinka nas quartas de final, tenista que acabou de derrotá-lo em Roland Garros.

Se passar, enfrenta provavelmente o maior candidato ao título, o suíço Roger Federer. Federer está em excelente fase, já venceu 3 torneios este ano, incluindo o Australian Open, se poupou durante a temporada de saibro e busca seu oitavo título em Wimbledon para se tornar o maior campeão do torneio de todos os tempos.

federer

Rafael Nadal está também em boa forma após conquistar sua incrível décima vitória em Roland Garros. Porém, a grama não é seu piso favorito e também possui uma caminhada complicada ao título.

Na semi final Nadal deve enfrentar o sérvio Novak Djokovic, agora com seu novo treinador, Andre Agassi. Assim como Murray, Djokovic não vêm jogando bem, porém não podemos menosprezar o campeão da competição em 2011, 2014 e 2015.

wimbledon-djokovic

Feminino

Na disputa feminina, Serena Williams, campeã de simples em 2015 e 2016, não volta na edição de 2017 para defender seu título. Ela parou de jogar no mês de abril por estar grávida. Com ela fora do torneio, ampliam-se as chances para as outras tenistas do circuito.

Os ingleses colocam sua esperança na britânica Johanna Konta, de 25 anos. Ela competiu pela Austrália até 2012. Em toda a sua carreira ela conquistou três títulos em simples do WTA Tour, e 11 títulos em simples e quatro em duplas no circuito da ITF.

Konta vêm apresentando um ótimo tênis em 2017 e em maio conquistou seu melhor ranking em simples: é a tenista n.6 do ranking mundial.

wimbledon-halep

A verdade é que a disputa está bem em aberto, Simone Halep, Angelique Kerber, Karolina Pliskova são todas fortes candidatas.

Além delas, é também possível acontecer surpresas como em Roland Garros, onde a jovem Jelena Ostapenko foi campeã do torneio, no dia em que completava 20 anos.

Outra possibilidade seria a Venus Williams, que apesar de ter vencido seu último Gand Slam em 2008, já venceu Wimbledon 5 vezes e este ano, foi vice campeã do Australian Open.

E você, o que acha? Quem serão os campeões de Wimbledon em 2017? Deixe sua opinião nos comentários 😉

Veja mais informações sobre o torneio em seu site 

Wimbledon: entenda o torneio, a história, as curiosidades, os campeões e 2017
5 (100%)

Compartilhe este post:

Comentários